Qual é o tipo de currículo mais adequado para utilizar a nível europeu?

Um Curriculum Vitae claro, bem estruturado e direcionado para um emprego específico na língua do país de acolhimento, idealmente com uma a 2 páginas A4. A maioria dos Estados-Membros espera que a sua área de estudos ou diploma esteja diretamente relacionada com o emprego a que se candidata, enquanto que outros atribuem menos importância a este aspeto – valorizando mais as competências que adquiriu, não apenas através de formação, mas em contexto de trabalho.

A UE adotou um modelo de Curriculum Vitae Europeu (EUROPASS). Este formato de CV, encontra-se atualmente disponível em 29 línguas, fornece uma imagem clara das aptidões e competências de um candidato no interior da UE. Saiba mais em www.europass.pt ou www.europa.eu/europass/pt.

Este documento faz parte integrante do EUROPASS, iniciativa da Comissão Europeia que engloba um conjunto de cinco documentos cujo objetivo é promover a transparência na apresentação das suas competências e qualificações em toda a Europa.

Deve, contudo, ter em atenção que os empregadores dos diferentes países podem valorizar diferentes aspetos, em termos de conteúdos, dimensão ou formato, no CV. Para mais informação, pode consultar a publicação “Pronto para mudar de país? O que necessita saber sobre a vida e o trabalho no estrangeiro e muito mais”, disponível na EU Bookshop, livraria em linha / arquivo das publicações das instituições da UE.

Etiquetas: Currículo, Enviar, Europass, Tipo
Atualização mais recente:
2020-10-16 16:47
Revisão:
1.2
Selecione de 1 a 5 pontos:
Avaliação média: 0 (0 Avaliações)
Não pode comentar este artigo
Chuck Norris has counted to infinity. Twice.