Que apoios recebo?

Destinatários

Bolsa mensal

Os destinatários têm direito a uma bolsa mensal de acordo com o seu nível de qualificação. Ao valor da bolsa acresce o subsídio de alimentação e a comparticipação no seguro, nos seguintes valores:

a) 390,24 € (valor correspondente a 70% do valor do IAS*), para os destinatários com qualificação de nível 1 e 2 do QNQ e para os destinatários sem nível de qualificação;

b) 641, 78 € (1,3 vezes o valor do IAS) para os destinatários com qualificação de nível 6 ou superior do QNQ.

(*) Valor do IAS: 419,22 €

Outros apoios:

Subsídio de alimentação

  • O destinatário tem direito a refeição ou a subsídio de alimentação, tal como praticado pela entidade promotora para a generalidade dos seus trabalhadores;
  • O subsídio de refeição também pode ser pago sob a forma de tickets ou através do carregamento de cartões eletrónicos de refeição, desde que fique garantida a evidência do pagamento ao destinatário e a respetiva contabilização,  não devendo o seu valor exceder o valor que a entidade paga à generalidade dos seus trabalhadores;
  • Na ausência de atribuição de refeição ou de subsídio de alimentação por parte da entidade promotora aos seus trabalhadores, a entidade deve pagar ao destinatário subsídio de valor idêntico ao fixado para a generalidade dos trabalhadores que exercem funções públicas (4,27€).

Seguro

  • O destinatário tem direito a beneficiar de um seguro de acidentes pessoais que cubra os riscos que possam ocorrer durante e por causa da atividade, devendo o valor do seguro contratado ser efetuado nos termos legais.

 

Entidades Promotoras

O IEFP comparticipa os custos relativos aos encargos das entidades com os destinatários, com base numa metodologia de custos unitários, por mês e por destinatário, nos seguintes termos:

Jovens com qualificação de nível 2 ou inferior

Jovens com qualificação de nível 6 ou superior

390,24 €

641,78 €

  Nota: Os custos diários são obtidos da seguinte forma: Custo mensal por estágio/30.

 A fixação dos custos unitários teve por base todos os custos que incidem sobre um processo desta natureza, nomeadamente:

  • Bolsa mensal (variável de acordo com o nível de qualificação do destinatário);
  • Alimentação, no valor fixado para os trabalhadores que exercem funções públicas: 4,27€/dia
  • Prémio do seguro de acidentes pessoais: 1, 8678% x IAS = 7, 83€/mês

 O valor do custo unitário foi obtido de acordo com o quadro seguinte: 

Custos

Jovens com qualificação de nível 2 ou inferior

Jovens com qualificação de nível 6 ou superior

Bolsa

293,45 €

544,99 €

Alimentação

(250 dias/12 meses) x Subsídio de alimentação (4,27€) = 88,96€

Seguro

1,8678% x IAS = 7, 83 €

Atualização mais recente:
2015-07-14 14:03
Revisão:
1.2
Selecione de 1 a 5 pontos:
Avaliação média: 2.8 (5 Avaliações)
Pode Comentar este artigo
Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Comentário de Elvira Santos :
Então pagam menos nos cursos efa como pode ser isso ? Existemm 2 pesos e duas ... ver maismedidas ?
Adicionado(a) em: 2017-06-29 07:40

Comentário de Célia Sequeira:
Então e os formandos com os outros níveis de QNQ (níveis 3, 4 e 5), não ... ver maistem direito a nenhuma bolsa de apoio? Ou será que não têm direito a formação? Afinal estas formações só estão destinadas para algumas pessoas, as outras não devem fazer parte do POVO PORTUGUÊS. Aqui é que podemos ver as injustiças que existem no nosso país!
Adicionado(a) em: 2017-08-31 19:30

Comentário de Soraia Martins Amaro:
Então e os formandos com os outros níveis de QNQ (níveis 3, 4 e 5), não ... ver maistem direito a nenhuma bolsa de apoio? Ou será que não têm direito a formação?
Adicionado(a) em: 2019-01-14 11:16

Comentário de Carlos Ferreira:
Recebo metade do valor... Gostava de saber onde é que IEFP de alcoitão guarda o restante ... ver maisvalor que é suposto pagar aos formandos... Claramente não são 200 euros. Um formando de nível 4 recebe menos do que um de nível 2 ou inferior??? Não entendo...
Adicionado(a) em: 2019-05-31 01:14