Que apoios recebo?

  • Destinatários

    • Subsídio de refeição
    • Despesas de deslocação
    • Subsídio de acolhimento de dependentes (quando necessário)
    • Subsídio de alojamento (quando necessário)
    • Seguro de acidentes pessoal
  • Centros de Recursos

    • 1,5 vezes o valor do Indexante de Apoios Sociais* (IAS) por ação concluída e por destinatário, i.e., 628,83€, em 2016, abrangido, nos custos incorridos com o pessoal afeto, rendas, alugueres e amortizações, preparação e desenvolvimento das ações e encargos gerais dos projetos
    • Comparticipação na íntegra nas despesas efetuadas com o pagamento aos destinatários das despesas de deslocação, alimentação, alojamento, acolhimento de dependentes e seguros
    • Subsídio não reembolsável, concedido de uma só vez, sempre que o centro de recursos proceda à colocação do destinatário, no prazo máximo de um ano a contar da data de início da ação de apoio à colocação:

a) O valor do IAS, por cada destinatário colocado com contrato de trabalho a termo com duração mínima de 12 meses;

b) 1, 5 vezes o valor do IAS, por cada destinatário que crie o próprio emprego ou que seja colocado com contrato de trabalho sem termo.

 

 

(*) Valor do IAS em 2016 – 419,22€

Até quando se recebe?

Para efeitos de comparticipação financeira do IEFP o período máximo de duração do apoio é de 12 6 meses para cada candidato. A contagem do prazo suspende-se caso o destinatário seja integrado num estágio ou num contrato emprego-inserção, sendo retomada logo que este termine.

Atualização mais recente:
2016-04-18 16:16
Revisão:
1.5
Selecione de 1 a 5 pontos:
Avaliação média: 2.5 (2 Avaliações)
Pode Comentar este artigo
Chuck Norris has counted to infinity. Twice.