E se eu ficar desempregado(a) ou frequentar formação no país de acolhimento?

Mantém o direito de residência, desde que em situação de desemprego involuntário devidamente registado e esteja inscrito(a) no Serviço Público de Emprego como candidato(a) a emprego, ou se encontre a frequentar uma formação profissional em que exista uma relação entre a atividade profissional anterior e a formação em causa. Ainda, em situação de desemprego ou de frequência de formação não enquadrável nas situações descritas, mantém o referido direito desde que disponha de recursos suficientes para permanecer no país de acolhimento para si próprio e para os seus familiares.

Atualização mais recente:
2014-01-27 17:56
Revisão:
1.0
Selecione de 1 a 5 pontos:
Avaliação média: 0 (0 Avaliações)
Pode Comentar este artigo
Chuck Norris has counted to infinity. Twice.