Orientações de Preenchimento do Formulário de Candidatura

Como apresentar uma candidatura online?

Para apresentar uma candidatura on-line, deverá encontrar-se registado no site do NetEmprego, ou no site das candidaturas eletrónicas (a conta de acesso é a mesma).

Se já é um utilizador registado, deverá:

1º Selecionar a medida de emprego em causa Património Ativo -CEI-Património, na página principal do site de candidaturas eletrónicas

2º Na página de autenticação/registo, deverá inserir o seu nome de utilizador e a sua palavra-chave

3º No Aviso de Segurança (“Warning - Security”), caso o mesmo apareça, deverá selecionar a primeira opção (“Run”).

4º No ecrã principal do formulário eletrónico, que deverá agora encontrar-se visível, deverá selecionar a opção “Novo Formulário”, na secção lateral esquerda, (ou a opção “Novo” no menu Ficheiro) e a medida em causa.

5º Ser-lhe-á dado acesso a um conjunto de quadros numerados contendo diversos campos, que deverá preencher devidamente, com o auxílio da ajuda online e da função de validação do formulário (1.º e 3.º botões do menu de acesso rápido, respetivamente, a contar da direita).

6º Após finalização do correto preenchimento do formulário, deverá selecionar a opção “submeter”, no menu “Funções” ou através dos respetivos atalhos (tecla F9 ou penúltimo botão no menu de acesso rápido).

Como efetuar o download do formulário?

1º Entre no site de candidaturas eletrónicas.

2º Clique no botão “Programa de Preenchimento eForms” disponível na parte inferior da página inicial.

3º Acederá diretamente ao separador “Download da Aplicação”, onde deverá escolher a medida pretendida (Emprego-Inserção, Estágios ou Programa Qualificação-Emprego).

4º O sistema detetará automaticamente o seu sistema operativo (Windows, Mac ou Linux), assinalando com a marca “>”.

5º Se não tiver o Java instalado (versão 1.6 ou superior), ou se não tiver a certeza, certifique-se que efetua o download da versão com o Java incluído. Caso contrário, poderá ter que efetuar o download do Java ou contactar o fornecedor do seu sistema operativo.

6º No aviso de Transferência de Ficheiros, deverá selecionar a opção “Executar” (caso pretenda efetuar a instalação noutro momento, poderá optar antes por “Guardar”) e clicar novamente em “Executar” no Aviso de Segurança (caso apareça).

7º Acederá a um ecrã de instalação da aplicação em 6 passos, localizados na parte esquerda - o ecrã ativo encontra-se assinalado com uma seta em fundo amarelo; os ecrãs já percorridos encontrar-se-ão assinalados com um sinal de certo em fundo verde. Prossiga para o passo seguinte, clicando em “Next” (botão inferior direito).

8º Indique o diretório em que pretende instalar a aplicação. Caso tenha dúvidas, opte pelo que é indicado por defeito (C:\Programas\IEFP Medidas de [designação do formulário escolhido]); caso contrário, utilize o botão “Choose” para pesquisar outro local de instalação no seu computador.

Prossiga para o passo seguinte, clicando em “Next”.

9º O 3.º ecrã destina-se à criação de um ícone/atalho de acesso à aplicação, num de diversos locais possíveis, no seu computador: “In a new program group”, In an existing program group”, “In the start menu”, “On the desktop”, “In the quick launch bar”, “Other”. Caso não queira criar um ícone de acesso, escolha a última opção. Caso tenha dúvidas, opte pelo que é indicado por defeito e prossiga para o passo seguinte, clicando em “Next”.

10º No 4.º ecrã, é-lhe indicada uma síntese das opções por si tomadas nos anteriores passos: nome do formulário escolhido (“product name”), diretório de instalação (“install folder”), diretório do ícone de acesso (“shortcut folder”), espaço em disco (“Disk space information”) necessário (“required”) e disponível (“available”). Só poderá avançar com a instalação - clicando em “install” - se o espaço em disco for suficiente.

11º Após a conclusão, com sucesso, da instalação, passará para o último ecrã (“Install complete”).

Carregue em “Done”.

12º Para abrir o formulário, aceda ao local onde instalou o ícone de acesso (nomeadamente, menu Iniciar, Programas, desktop) e clique no mesmo. Caso não tenha criado um ícone de acesso ou não consiga localizá-lo, aceda ao diretório onde instalou a aplicação (ver passo 8.º) e abra o ficheiro.

Como enviar um formulário preenchido e gravado no meu computador?

Após abertura do formulário corretamente preenchido, deverá selecionar a opção “submeter”, no menu “Funções” ou através dos respetivos atalhos (tecla F9 ou penúltimo botão da barra de acesso rápido).

No caso de não existir qualquer erro no preenchimento, ser-lhe-á solicitada a conta de acesso ao site das candidaturas eletrónicas, i.e., o nome de utilizador e a palavra-chave com que efetua a sua autenticação.

Caso ainda não esteja registado no site, deverá fazê-lo e tentar novamente a submissão do formulário.

Como preencher o formulário?

Novo formulário

Deverá, em primeiro lugar, criar um novo formulário, através do menu lateral esquerdo de acesso rápido, ou da respetiva opção no menu superior “Formulários”, escolhendo a única medida existente.

Ajuda ao preenchimento

O formulário permite o preenchimento automático de alguns campos (sombreados), bem como a consulta das instruções de preenchimento de cada quadro à medida que o mesmo é preenchido, através do último botão da barra de acesso rápido (assinalado com um ponto de interrogação), da tecla F1, ou através da opção “Ajuda Online” disponível no menu superior “Ajuda”.

Podem, igualmente, ser efetuadas as respetivas validações, enquanto o formulário é preenchido. As validações podem ser realizadas através do recurso ao 5.º botão da barra de acesso rápido (assinalado com um certo) ou através da opção “validar”, disponível no menu “Funções”.

Dispõe, ainda, no último separador do formulário, de um conjunto de instruções gerais de ajuda ao preenchimento.

Quadros a preencher

Condições Gerais

São apresentadas às entidades as condições gerais da medida Património Ativo -CEI-Património (descrição genérica da mesma e requisitos de acesso das entidades). Para poder preencher o formulário a entidade deve clicar na caixa “Li e aceito”.

1. Quadro 1 (Identificação da Candidatura)

Deve ser apresentado um formulário de candidatura por área do projeto (i.e., se um projeto contemplar duas áreas, deverão ser apresentadas duas candidaturas distintas).

1.1. Assinale a Medida CEI-Património e o Tipo de Destinatário

*A entidade só pode continuar o preenchimento do formulário se assinalar a Medida.

**Caso a entidade se engane a assinalar a Medida, deverá preencher novo formulário de candidatura.

1.2. O ano da candidatura é de preenchimento automático.

2. Quadro 2 (Identificação da Entidade)

Se está a utilizar a aplicação das Candidaturas Eletrónicas on-line apenas necessita de preencher a informação dos campos 2.8, 2.10 e 2.11 (Nome, Função, Telefone, Telemóvel, Fax, Endereço Eletrónico, URL/Internet do responsável a contactar). Os restantes campos que constituem o Quadro 2 são de preenchimento automático, não podendo ser alterados pelo utilizador, com exceção do campo 2.11 (NIB).

Se está a preencher este formulário off-line, deve indicar o Número de Identificação de Pessoa Coletiva (NIPC) da pessoa coletiva que se candidata à medida, assim como a informação dos campos 2.8 e 2.10 (Nome, Função, Telefone, Fax, Endereço Eletrónico, URL/Internet do responsável a contactar. Os restantes campos que constituem o Quadro 2 são de preenchimento automático, não podendo ser alterados pelo utilizador, com exceção do campo 2.11 (NIB).

Deve ainda confirmar se os dados de identificação da entidade estão completos e atualizados.

Caso os dados não estejam completos e atualizados, deverá dirigir-se à sua área pessoal para efetuar as respetivas atualizações/alterações.

* Os campos 2.1., 2.2., 2.3, 2.4, 2.5, 2.6, 2.7 e 2.9 (a cinzento) são preenchidos por defeito a partir dos dados de registo da entidade. No caso particular do preenchimento offline, o campo 2.1. deve ser preenchido pelo utilizador, sendo os restantes recuperados após autenticação após a validação final do formulário.

** No campo 2.8, caso selecione a opção 'Publica Sem Fins Lucrativos' deve indicar se se trata de uma autarquia ou outro serviço público com intervenção marcadamente local

*** No campo 2.10, devem ser indicados todos os dados solicitados, com exceção do Fax e da URL/ Internet do responsável a contactar e nos contactos telefónicos deve ser indicado pelo menos um deles (telefone ou telemóvel).

****O campo 2.11 encontra-se preenchido com o NIB indicado pela entidade na sua área pessoal, podendo ser alterado no formulário pelo utilizador.

3. Quadro 3 (Caracterização do Projeto de Trabalho Socialmente Necessário)

3.1 Selecionar a área do projeto de trabalho socialmente necessário (ver Glossário), de acordo com a lista disponível.

3.1.1 Descrever o projeto de trabalho socialmente necessário a desenvolver, indicando os objetivos e as necessidades locais ou regionais a satisfazer, justificando a necessidade do recurso ao mesmo.

3.2 A duração do projeto é de preenchimento automático.

* As datas previstas de início e fim correspondem à data mínima e máxima indicadas no quadro

3.3, sendo a duração em meses a diferença entre as mesmas.

3.3 Neste campo deve indicar:

• As áreas de trabalho socialmente necessário (de acordo com a lista apresentada), as tarefas a desempenhar por áreas, as datas previstas de início e de fim, e o n.º de destinatários a abranger

* A data de início prevista tem de ser superior à data atual. A diferença entre a menor data prevista de início e a maior data prevista de fim não pode ser inferior a 3 meses nem superior a 12 meses.

• No separador Local de Realização - o endereço, o código postal, o distrito, o concelho e a freguesia do local onde irá decorrer o trabalho socialmente necessário

• No separador Horário(s) - o(s) horário(s) em que decorrerá o trabalho socialmente necessário

• No separador Formação, indicar a área e modalidade de formação profissional, e respetivo número de horas, podendo ainda preencher o nome e NIPC da entidade formadora.

• No separador Justificação por área - a necessidade de cada área de trabalho socialmente necessário, na área da entidade promotora a que respeita.

* Pode acrescentar outra(s) área(s) se a(s) mesma(s) não estiver(em) prevista(s), utilizando para o efeito o botão 'Adicionar tarefa' (com o símbolo de um +). Em caso de engano, poderá eliminar as novas linhas através do último botão (com o símbolo de um x). As quatro áreas previstas por defeito não podem ser eliminadas.

Acrescentar outra(s) área(s) se a(s) mesma(s) não estiver(em) prevista(s), utilizando para o efeito o botão 'Adicionar tarefa'

Deve ser preenchida uma linha por realização de trabalho socialmente necessário, isto é, quando houver distinção entre as áreas de trabalho socialmente necessário, local de realização, horário, formação ou justificação por área deve ser preenchida uma outra linha.

Toda a informação deste quadro é de preenchimento obrigatório, pelo que o botão confirmar só estará ativo após preencher toda a informação requerida.

4. Quadro 4 (Caracterização dos Destinatários)

4.1 O n.º de destinatários a abranger por área de trabalho socialmente necessário (de acordo com a tabela CNP - 4 dígitos) e níveis de qualificação académica é de preenchimento automático, mediante a informação preenchida no campo 3.3.

Qualquer alteração da informação do campo 4.1 é efetuada no campo 3.3.

5. Quadro 5 (Recursos Humanos)

5.1 Indicar o n.º de trabalhadores por áreas da entidade, à data da candidatura (homens e mulheres) e nos dois anos anteriores à candidatura (total de trabalhadores).

* O preenchimento deste quadro é efetuado em termos similares ao do quadro 3.3, em termos de inserção e eliminação de linhas e de edição das áreas previstas por defeito.

6. Quadro 6 (Declaração)

Na primeira linha indicar a pessoa ou uma das pessoas com poderes para obrigar legalmente a entidade.

Deve, ainda, assinalar que leu e assume a veracidade das informações constantes do campo 6.

7. Quadro 7 (Autorização)

Indicar qual a forma de comprovar a situação regularizada face à administração tributária (autorização de consulta on-line ao IEFP, I. P. e/ou envio das declarações digitalizadas através da sua área pessoal, indicação esta que é obrigatória em sede de candidatura).

O consentimento ou a disponibilização destes documentos na respetiva área pessoal são obrigatórios em sede de submissão de candidatura, sob pena de esta não ser considerada.

Caso opte pela disponibilização pela entidade ao IEFP, IP de certidões, esta deve ser obrigatoriamente feita na sua área pessoal no NetEmprego, devendo para o efeito acionar a opção “CANDIDATURAS ELETRÓNICAS – Anexar Documentos à Entidade”, acionar o botão “Novo Documento”, escolher o “Tipo de Documento” pretendido, acionar o botão “Procurar” para selecionar o ficheiro relativo à certidão em questão que foi previamente digitalizada e, para finalizar, acionado o botão “Submeter”.

Caso opte, por autorizar a consulta dos dados em causa pelo IEFP, deverá aceder à sua área pessoal nos sítios da Internet das declarações eletrónicas e selecionar a funcionalidade de autorização de consulta de situação (ver FAQs). No ecrã seguinte deve inserir o Número de Identificação perante as Finanças do IEFP, que é o seguinte:

_ NPC: 501 442 600

* Esta verificação é efetuada de acordo com o procedimento instituído pelo Decreto-Lei n.º 114/2007, de 19.04 (dispensa de apresentação de certidão comprovativa de situação tributária ou contributiva regularizada), nos termos do qual:

_ O consentimento para consulta da situação é prestado de forma expressa e inequívoca pelo titular dos dados, nos sítios da Internet das declarações eletrónicas, podendo desse facto ser informada a entidade autorizada a consultar a informação em causa. O consentimento do titular dos dados autoriza, assim, o serviço público identificado (neste caso, o IEFP, IP) a aceder à informação constante dos referidos sítios da Internet com a finalidade de comprovar a respetiva situação. Após a prestação do consentimento, a informação relativa à situação do titular dos dados fica disponível durante um determinado período após cada pedido de consulta efetuado pelas entidades autorizadas. A informação obtida através da consulta realizada nos termos indicados é válida por um determinado período.

_ A comprovação da situação é efetuada por via eletrónica nos referidos sítios da Internet, mediante a utilização de senha concedida pelos organismos responsáveis pela respetiva administração (Direção-Geral da Informática e Apoio aos Serviços Tributários e Aduaneiros e Instituto de Informática da Segurança Social, I. P.) ao serviço público autorizado (neste caso o IEFP, IP) e apenas é disponibilizada informação respeitante à situação dos titulares dos dados que tenham prestado consentimento nos termos anteriormente indicados, estando vedada a divulgação de qualquer outra informação relativa aos titulares dos dados.

Questões/Erros mais frequentes

1. O ano da candidatura não corresponde ao ano civil, no quadro1?

Caso esteja a visualizar um ano anterior ao ano corrente, o problema está na data de sistema do computador que está a utilizar. Deve, assim, proceder à sua correção, para que o ano no quadro 1 do formulário seja atualizado automaticamente para o ano da candidatura.

2. Ao validar offline ou ao submeter, surgem mensagens de erro. O que devo fazer?

Nalguns casos, ao efetuar a validação no fim do preenchimento offline ou ao submeter (tanto online, como offline), o utilizador poderá deparar-se com mensagens de erro do seguinte tipo:

- serviço temporariamente indisponível;

- ocorreu um erro ao contactar o servidor do IEFP;IP. Por favor contacte o suporte

O 1.º tipo de erro ocorre quando no registo da entidade no SIGAE o código postal tem apenas 4 dígitos. O contacto deverá ser reencaminhado para a 2.ª linha com a indicação do NPC, nome da entidade, contacto telefónico (nº. e pessoa a contactar) e código postal correto.

A 2.ª situação resulta do facto do sistema informático da entidade ter uma parametrização que não permite a transferência de dados para o exterior. A entidade deverá retirar essa norma de segurança (firewall) de forma a permitir a transferência ou submeter de outro computador.

Poderá igualmente deparar-se com a mensagem “O NIF introduzido não corresponde ao utilizador” quando os dados de acesso sejam inseridos com letra em formato diferente do registo (maiúscula ou minúscula). A entidade deverá verificar essa situação e se não conseguir identificar a forma como foi registada, deverá gravar o formulário e submete-lo online ou recuperar o utilizador e palavra-chave.

Caso a norma de segurança já tenha sido retirada e o sistema esteja a permitir a transferência de dados para o exterior, deve verificar se a versão do formulário que está a utilizar é a última versão (efetuar os três primeiros passos do ponto Como efetuar o download do formulário?).

Se não estiver a utilizar a última versão do formulário, deve proceder á sua instalação conforme os passos indicados em Como efetuar o download do formulário?

3. Não consigo aceder ao formulário online, aparece um écran em branco. O que devo fazer?

3.1 – Sistemas Windows

Quando tenta aceder ao formulário online e lhe aparece um ecrã branco é porque não tem o java instalado ou não tem a versão requerida (no mínimo Java 1.6). Neste caso, pode optar por uma das seguintes soluções:

Ö Se não tiver o Java instalado no PC, ou se tiver uma versão inferior ao Java 1.6, deve instalar a versão do Java através do link disponível no serviço de candidaturas eletrónicas (por ex, no separador download do formulário).

Nos casos, em que já tenha uma versão anterior do Java instalada (versão inferior a 1.6), deve desinstalar a mais antiga e depois instalar a mais recente.

Ö Fazer o download do formulário com o Java (disponível no serviço de candidaturas eletrónicas, por ex, no separador download do formulário) e preencher o formulário offline.

3.2 – Sistemas MacOsx

Essa dificuldade decorre do facto de o Java instalado no Mac ser a versão 1.5. A versão 1.6 deve ser instalada à parte (que é o requisito mínimo para utilizar os Eforms), e mesmo assim, continuam a coexistir os dois na máquina, sendo utilizado por omissão o 1.5. Assim, para utilizar a versão 1.6 é necessário que seja modificada a configuração.

* A versão 1.6 só foi disponibilizada para arquitetura Macs Intel de 64 bits.

4. Ao efetuar a candidatura on-line do formulário este fica bloqueado. O que devo fazer?

Nalguns casos, o formulário bloqueia ou a ligação é constantemente interrompida. A solução é fazer o download do formulário (disponível no serviço de candidaturas eletrónicas, por exemplo, no separador download do formulário) e preenchê-lo offline.

5. Ao aceder à candidatura on-line não consigo visualizar o formulário todo no ecrã.

Esta situação está relacionada com a resolução do ecrã do PC que está a utilizar. Assim, deve gravar o formulário, fechá-lo e fechar a internet e nas Propriedades de Visualização do PC, nas Definições (no ambiente de trabalho clica com o botão direito do rato e escolhe propriedades) escolher a resolução mais baixa 800 por 600 pixéis. Depois, entre novamente no formulário online.

Caso tal não resulte, deve fazer o download do formulário (disponível no serviço de candidaturas eletrónicas, por exemplo, no separador download do formulário) e preenchê-lo offline.

6. Tenho dificuldade em consultar a listagem de candidaturas submetidas. Como devo proceder?

As dificuldades na pesquisa das candidaturas nas listagens de candidaturas submetidas podem decorrer da seguinte situação:

Ö Registou-se no site no mesmo dia ou no dia anterior a ter submetido a candidatura, não se encontrando ainda validado no sistema interno. Nestes casos, deve aguardar um dia, pelo menos, até tentar fazer novamente a pesquisa.

* Caso a entidade já tenha efetuado o seu registo há mais de um ou dois dias, esta questão deve ser encaminhada para a 2.ª linha, uma vez que o problema pode decorrer do registo no site não se encontrar válido ou haver dados em falta ou problemas com o código postal.

7. Não consigo preencher os dados de caracterização da entidade quando utilizo a aplicação offline. Como devo proceder?

Esses dados só se tornam visíveis depois do formulário estar todo preenchido e é efetuada a validação final, momento em que é pedido o nome de utilizador e a palavra-chave.

Quando se fecha e se volta a abrir o formulário, a informação da entidade deixa de estar visível e só aparece depois de validar ou de submeter a candidatura.

Atualização mais recente:
2013-03-12 17:30
Revisão:
1.0
Selecione de 1 a 5 pontos:
Avaliação média: 1 (1 Avaliação)
Pode Comentar este artigo
Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Comentário de Pedro Pascoa:
Poderiam lançar uma ajuda actualizada uma vez que desde 2013 até agora já foram feitas várias ... ver maisalterações no portal.
Adicionado(a) em: 2018-06-05 11:40

Comentário de Pedro Pascoa:
Poderiam lançar uma ajuda actualizada uma vez que desde 2013 até agora já foram feitas várias ... ver maisalterações no portal.
Adicionado(a) em: 2018-06-05 11:41